Proposta

Objetivo

Com o referencial teórico de Paulo Freire, e de outros que viam a educação pelo mesmo prisma, as professoras Dosa, Myrtha, Malba e Maria de Lourdes, ajudadas por outros educadores, muitos dos quais trabalharam na Escola Parque do Recife, descreveram os objetivos da Escola, que se mantêm os mesmos, porque sempre novos.

O aluno deve prepara-se para o exercício consciente da cidadania:

• interagindo criticamente com a realidade,
• vivenciando experiências do trabalho em comum,
• decidindo através de reflexões sobre a ação.

a fim de capacitar-se para o exercício consciente da cidadania.

 
Como se tenta alcançar os objetivos?

Utilizando-se de turmas pequenas, na Escola Parque procura-se, em todas as áreas do conhecimento:

• saber como o aluno aprende para, assim, saber-se como lhe ensinar;
• não se repetir, nem se imitar. Aprender junto;
• dialogar, discutir, fundar-se a colaboração;
• ler muito as várias matérias para reler o mundo;
• ler, ouvir, ver, fazer arte;
• contar histórias, ouvir histórias, ler histórias sem saber ler, escrever histórias sem saber escrever ainda, adivinhar. Um dia, fazer “de verdade”;
• pensar, raciocinar, sistematizar com as várias linguagens;
• solucionar problemas das Ciências e da vida;
• valorizar a leitura e escrita, o raciocínio, o debate, a discussão, o seminário, a análise, a síntese e o julgamento, assim como o questionamento ativo.

Além, é claro, da solidariedade e do companheirismo, da alegria e do prazer na aquisição das habilidades.

 
Com que recursos se trabalha?

Nas salas de aula, os professores, a depender da necessidade, utilizam-se de:

Livro – para leitura extra-classe
Álbum seriado
Aula-passeio
Retro-projetor
DVD
Projetor de Slides
Computador
Internet

 
Como se avalia?

A avaliação do aprendizado é uma questão não apenas muito importante em qualquer práxis pedagógica, mas também bastante polêmica e controversa. A Escola Parque vem refletindo sobre essa problemática desde sua criação, e por isso acredita que não se devem confundir “medir” e “avaliar”. Avaliar é julgar os resultados que se obtêm quando se mede. Há diversas formas de medir a aquisição de novas habilidades. E todas são importantes, porque a avaliação é a soma contínua das várias medidas e a relação entre elas. Provas e exercícios são, apenas, alguns dos instrumentos para medir. Na Escola Parque, avalia-se, também, pela observação constante, no processo e, não só, no final.

Além disso, como se procura analisar o “crescimento” e o “acúmulo” do que o aluno aprende, a Escola adotou a recuperação paralela. Isso significa que, enquanto durar o ano letivo (200 dias de aula), o aluno que ainda não obteve a nota mínima de aprovação está em processo de recuperação.

 
Quem são/serão alunos da Escola Parque do Recife?

Serão aceitos na Escola Parque todos os alunos que a procurarem, desde que haja vagas. Por acreditar que a educação é para todos, a Escola Parque não faz SELEÇÃO, que nada mais é que um sinônimo de EXCLUSÃO. Dessa forma, até que todas as vagas sejam preenchidas qualquer aluno que procurar a Escola terá sua vaga garantida.